domingo, 5 de agosto de 2012

Ia de carro atrás das vacas....


Hoje trabalhei. Deu para avançar umas coisas que nos dias de semana são impedidas de ser concluídas pelos telefones que tocam....

E lá fomos nós, no carro que o vendedor alugou, porque o carro que vendeu pifou....

Passámos pelos Biscoitos e fomos ver o antigo posto de vigia da caça às baleias....parámos....e....não arrancámos.

A bomba de gasolina do carro que o vendedor alugou, porque o carro que vendeu pifou...tambem pifou.

E assim lá ficamos os 4. A ver o mar e a nossa vida a andar para trás.

De repente surge um casal acompanhado de um amiga que visitava os Açores.

Tentou empurrar, tentou que o carro pegasse...e nada.

Apesar de sair bem do planeado ofereceram-se para nos trazer para casa...lá foram eles e eu fiquei a ver se resolvia a coisa....apesar de estar a 20km de casa, e quase de noite.

Fiquei então parado na estrada com o carro pifado que o vendedor alugou em virtude do carro que vendeu ter pifado.

De repente, milagre! O carro voltou a funcionar!

Venho a acelarar atrás das vacas...quando uma procissão me obriga a desligar o carro.

Não gosto do estilo, mas respeito a opção de cada um.

E assim, lá desliguei o carro, fiquei de pé, a aguardar que viesse a confraria, o povo, o padre a Santa, o Santo, e por fim o povo mais pobre, e a banda....


E já estão a ver....

Volta a pifar o carro que, etc, etc....

Mas de repente, passados cinco minutos outro milagre.....volta a funcionar!



E lá venho eu a acelarar atrás das vacas.

Chego a casa mesmo a tempo de ainda agradecer aos incógnitos benfeitores que entretanto esperaram a minha chegada.

Boa gente. Obrigado!




Enviar um comentário