O Autor

Nasci em 17 de Junho de 1976 em Lisboa. 

Vivi a minha infância e adolescência entre Grândola, Santo André e Vila Real de Santo António.

Aos dezoito anos fui estudar Eng.ª Informática, sem nunca ter visto um computador. Desisti ao fim de 3 anos sem ter concluído o 1.º.

Fui jornalista na Rádio e na Imprensa escrita.

Fui animador juvenil no Instituto Português da Juventude, numa altura em que proliferavam os recibos verdes na Administração Pública. 

Voei baixinho pela política local, andei pelas Associações de Estudantes, por órgãos municipais de juventude e educação....enfim, participei civicamente, defendendo aquilo que acredito.

Aos 24 anos decidi abandonar tudo e seguir a carreira das Armas.

Terminei o curso de Direito, mas não sou Avogado.

Tenho filhos e sou casado.

Considero-me Livre-Pensador e Eterno Aprendiz da Vida.

Gosto essencialmente de ouvir e responder com silêncios...como fazia Maomé.

Assumo publicamente a minha condição de Maçon, até deixar de ser necessário. Depois passa a ser uma coisa minha. Naturalmente.

Pouco tenho e chega-me. Vou-me ajustando.

Um dia, numa bela tarde, descobri que se podiam tirar fotografias com uma lata de feijão vazia, igual a tantas outras latas que pontapeava quando miúdo.
Gostando de fotografia, mas não tendo arte para o instantâneo, encontrei nas técnicas alternativas uma forma de falando não falar, não fotografando fotografar.

O que vou fazendo aqui e ali convosco vou partilhando, esperando o mesmo da vossa parte.