segunda-feira, 24 de agosto de 2009

As coisas da luz

Foto Estenopeica, Filme Colorido Asa 200, 2 minutos de exposição



Esta foi a última fotografia de um rolo que utilizei numa máquina descartável que fiz com uma caixa de fósforos ( das grandes).

Se as máquinas construídas com caixas de fósforos são extremamente baratas, têm contudo dois grandes inconvenientes:

- Nunca se sabe se funcionam até à revelação do rolo.
- São descartáveis, sendo difícil a sua reutilização.

(Poderia acrescentar que não produzem imagens nítidas....mas quem as quiser que gaste 100 euros numa digital compacta).

Assim cada imagem, cada fotografia, é um enigma, nunca se sabendo, à priori, que tonalidade, que contraste terá...ou até se sairá alguma coisa.

Na fotografia desta postagem, após medir exaustivamente a luz presente, elaborando os mais precisos e preciosos cálculos matemáticos, cheguei à conclusão que a imagem necessitaria de 1 minuto de exposição, para sair correcta.


Iniciei a exposição...mil e um...mil e dois...

Quando faltavam cerca de vinte segundos para terminar,a minha filhota chama-me....vou.

Por momentos esqueço-me da exposição e o filme acaba por ser sensibilizado com o dobro da luz calculada.

Resultado...tinha-me enganado um stop, e a correcta exposição eram de facto os dois minutos e não apenas um como eu pensava.

Moral da história... às vezes não são necessários grandes e elaborados teoremas para definirmos e entendermos a realidade...basta ouvir uma simples criança...especialmente nas coisas da luz.



Enviar um comentário