domingo, 11 de janeiro de 2009

Poço de Aljustrel em Beja

Fotografia Estenopeica


Antes da construção do Bairro Alemão, o Poço de Aljustrel ficava fora da Cidade, na estrada que ia para Aljustrel.
É um poço muito antigo, havendo uma referência de 1589, sob a forma de Acordão Camarário, que proibia os açagais ( aguadeiros) de se servirem desta fonte, pois havia o risco de a secar.

Em 1875 foi restaurado.

Conta-se que à meia-noite as bruxas e os lobisomens se reuniam à sua volta, cantando e dançando até de manhã. Lendas sempre associadas às fontes.

Em 1872 houve um cristão-novo que confessou ter ido de bode para junto dele, à espera do Messias.

Hoje fechado a cadeado, pelo perigo que apresenta, é um elemento decorativo da mata dos Alemães, cada vez mais esquecido.

Julgo que não seria descabido pensar-se numa requalificação do local, reavivando a sua importância para a memória edificada de Beja.
Enviar um comentário