quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Largo de Santa Maria antiga Praça Velha

Fotografia Estenopeica do Largo de Santa Maria

Na post anterior falei da Praça Velha, antigo centro de Beja, antes da remodelação da Praça da Republica, por D. Manuel. ( na altura denominada Praça Nova).
A Praça Velha é precisamente o espaço adjacente à Igreja de Santa Maria, também denominada Praça do Peixe.
As suas origens remontam ao período visigótico, no século VII, e possivelmente terá sido transformada em mesquita, durante a ocupação árabe, no século VIII. A construção actual foi edificada no século XIII, sofrendo posteriores alterações.
Junto ao largo enontramos uma Torre. Desconhecendo , por agora, o seu significado primeiro.
Vi algures que houve um judeu importante de Beja, de nome Guedelha, foi presenteado com duas torres em Beja: "Da mesma forma Guedelha, filho de Judá, que sucedeu seu pai no rabinato-mor e ocupou o cargo de tesoureiro da rainha-mãe, Brites, foi estimado pelo rei, que o presenteou com duas torres em Beja."
Não sei se seria esta.
Se alguém conseguir datar a sua construção, talvez se consiga entender a sua finalidade.
Lembro-me contudo de uma história que a minha avó me contou no Natal:
- Havia em Vila Real de Santo António umas personagens algo enigmáticas. Uma era o Epaminondas ( um Grego talvez, ligado ao negócio das conservas ou muito mais possivelmente ao ramo da Construção Naval ou da Armação, qual Onassis). O outro era o General Garcias, que tinha uma torre em casa, na qual observava o firmamento.
Descobri que era normal as casas serem guarnecidas de Torres.
Seria este o caso? Ou teria uma função religiosa, ligada ao facto de a Igreja de Santa Maria ter sido uma Mesquita?
Uma almenara?
Não sei, especulo apenas.
Enviar um comentário