domingo, 11 de maio de 2014

Luz e Tempo




Uma pequena lata, com um pequeno furo, é o suficiente para gravar a realidade.

Então todo o tempo fica contido naquele plano.

A fotografia que vos apresento é o resultado da soma de todos os fotões que atingiram, durante cinco dias, aquele pedaço de papel de prata com o qual forrei o interior da minha câmara escura.

Conseguimos assim ver a realidade com os olhos de outro tempo.
Enviar um comentário