segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Náufrago

Pedro Horta, 2013





Imaginei-me náufrago.

Com apenas um banco para melhor contemplar e uma placa para não me esquecer para onde devo voltar.
Enviar um comentário