sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Cliché Verre

Cliché Verre sobre filme revelado e fixado. Foi usada a ponta de um clip.


A fotografia, não tendo matado a pintura ( como alguém anunciou quando a viu pela primeira vez), obrigou-a a seguir um novo rumo.

Muitos dos que impulsionaram a invenção da fotografia, eram desenhadores modestos ( na arte sim e talvez não nas posses) que pretendiam que a câmara escura desenhasse por eles.

Foi assim e por isso que Niepce e Talbot ficaram conhecidos.


No entanto, no inicio, aqueles que bem desenhavam, viram nas soluções sensiveis ao sol, uma forma de recriar a sua arte.

Pegavam num vidro, pintado ou tingido pelo fumo de uma lâmpada de petróleo, e riscando, desenhavam.


Depois colocavam o vidro sobre papel fotográfico e obtinham o chamado Cliché Verre.

Cliché Verre



Lembra-me o processo das gravuras em madeira do Mestre Manuel Cabanas.

O Chalet de Marim - Olhão - Manuel Cabanas



Eu não sei desenhar, mas não pude deixar de experimentar.

Risquei um negativo já revelado com a ponta de um clip e digitalizei o resultado.


Só sei fazer riscos e triângulos. É pena.


Não sei representar o mundo com melhor arte.
Enviar um comentário