domingo, 3 de janeiro de 2010

O caminho



Era de noite quando  partimos.
Bebemos águas das fontes, vimos cogumelos de todos as cores e feitios...
Caminhos perdidos, ribeiras que nos molhavam os pés.
Perdemo-nos.
Velhos montes, moinhos em ruínas.

Tudo é tão diferente quando optamos por chegar ao nosso destino através de atalhos.





Era já tarde quando avistámos o fim do caminho. Cansados.
Valeu a pena.






Valeu a pena percorrer o percurso PR2 - Vereda de Melides. 
Obrigado ao Clube Ibérico de Montanhismo e Orientação e ao Posto de Turismo da Câmara Municipal de Grândola pelos folhetos




Enviar um comentário