segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Monte Alentejano VI

A Árvore e a Mesa

Este era um fim-de-semana para descansar, e ir ver a família.

Malditas bactérias que elevaram a minha temperatura até perto dos 40 º

Maldita febre que fez o meu corpo tremer, qual adolescente à beira da primeira vez

Maldita dor de cabeça que não me deixou dormir

Maldita fraqueza que não me deixou levantar no Domingo a tempo...


Talvez o trabalho seja afinal mais importante que o descanso, pois quis a Divina Providência que estivesse bom na Segunda-Feira de Manhã.
Enviar um comentário