segunda-feira, 28 de abril de 2008

Celeiro da Nação

Não sei se ainda se chama ao Alentejo o Celeiro da Nação. Sei sim que em Beja se misturam imagens e sensações de diversos períodos. Aqui e acolá destacam-se na planície alguns elementos de outros tempos. Beja não é o que parece à primeira vista. É preciso conhecer....acima de tudo o nosso lugar dentro da Cidade. Só aí poderemos partir ao encontro de locais e gentes que nos são próximos. Começar, logo de início a procurá-los, torna-se uma senda perdida. Eu já cá estou há 10 anos e só hoje os começo a encontrar.
Enviar um comentário